PORTAL TRILHAS
Instituto Natura
Detalhe de crianças jogando com os materiais do TRILHAS.

O que é o Projeto TRILHAS?

É um projeto voltado à formação de professores que tem como objetivo apoiar os docentes no trabalho com alfabetização. No kit TRILHAS há cadernos de orientação do professor e de indicações literárias, jogos de linguagem e cartelas para atividades, todos com a intenção de inserir as crianças em um universo letrado. Esses materiais estão disponíveis em arquivos PDF na Biblioteca do Portal TRILHAS e podem ser baixados na íntegra.

Cadernos de orientação e de estudos que compõem o kit TRILHAS.

História

O curso a distância é a grande aposta do Projeto, já que com ele os profissionais têm a possibilidade de aprofundar a compreensão da teoria e ampliar as formas de uso do material, colocando de fato o TRILHAS na rotina da sala de aula. Em 2017, estão mantidas no curso as 40 horas de atividades, conforme explicado neste vídeo de apresentação, e os participantes que atingem 2 mil pontos e publicam o vídeo mostrando sua prática na área Rede que Ensina recebem certificado emitido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Também está prevista a ampliação do curso, com a inserção de mais conteúdos e nova distribuição de kits TRILHAS - em breve teremos novidades, acompanhe nossos informativos!


Em 2016, é criado um novo formato do kit TRILHAS impresso, mais fácil de transportar.

Maleta que armazena os Cadernos de orientação e de estudos que compõem o kit TRILHAS.

Como o TRILHAS contribui para a alfabetização?

O Projeto está alinhado com o Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação (Decreto número 6.094, de 24 de abril de 2007, artigo 2, inciso II), que estabelece, entre outros objetivos, a alfabetização de todas as crianças até, no máximo, 8 anos de idade e o incentivo à leitura na sala de aula.

Por meio de seu conjunto de materiais, o TRILHAS propõe um contexto favorável ao processo de alfabetização e, consequentemente, para o alcance da meta de 6,0 pontos estabelecida para o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) para 2022.

O Projeto TRILHAS compartilha as mesmas metas e maneiras de atuação com o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic), que são:

  • Eixo de trabalho voltado para a formação continuada, presencial e a distância, com foco na alfabetização.
  • Distribuição de materiais de apoio articulados ao Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) e complementação de jogos pedagógicos.
  • Uso de portais virtuais como apoio para o desenvolvimento das ações.

Saiba mais sobre nossa história:

2009: Começo!

Os materiais do TRILHAS foram elaborados em 2009. Em 2011, o projeto foi reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) como sendo eficaz para ser implementado como política pública complementar às metodologias já desenvolvidos.

2012: TRILHAS como política pública

Em 2012, os materiais foram distribuídos para 72.051 escolas, entre municípios considerados prioritários pela política do MEC, escolas prioritárias e de todas as capitais, grandes cidades e sistemas estaduais de ensino. Por meio de uma grande estrutura de formação presencial, permitiu a qualificação de técnicos de secretarias de educação, gestores escolares e professores, incentivando o bom uso dos materiais e fortalecendo o acesso à literatura nas escolas e qualificar o ensino da leitura, escrita e oralidade.

Encontros estaduais do projeto TRILHAS realizados em 2012 em diversos locais do país.
Encontros estaduais do projeto TRILHAS realizados em 2012 em diversos locais do país.
Encontros estaduais do projeto TRILHAS realizados em 2012 em diversos locais do país.
Encontros estaduais do projeto TRILHAS realizados em 2012 em diversos locais do país.

2013: Primeira ação de reconhecimento

Em 2013 foi feita a primeira ação para identificar práticas de destaque em alfabetização que tiveram apoio do TRILHAS: o Reconhecimento Município Leitorque tiveram as ações das secretarias de educação estão registradas em vídeos e o Rede que Ensina,em que iniciativas realizadas pelos professores foram reunidas em um caderno, o TRILHAS de leitura pelo Brasil.


2014: Portal reformulado

Em 2014, o Portal TRILHAS foi reformulado: ficou mais bonito, fácil de navegar, teve o acervo de textos e vídeos reforçados e mais espaço para debates sobre temas importantes para os profissionais da Rede. O infográfico criado colabora para o entendimento do trabalho com o material.

Infográfico que explica de que forma o kit TRILHAS está organizado.

Foi lançado o primeiro curso a distância, em modelo ainda piloto, restrito a poucas turmas.
Mais uma ação de Reconhecimento foi realizada, reafirmando que existem boas práticas de trabalho com alfabetização entre os professores e redes brasileiras. Para registrar essas iniciativas, novo caderno TRILHAS de leitura pelo Brasil é elaborado e são feitos vídeos mostrando as ações de secretarias de educação com o material.


2015: Lançamento do curso a distância e elaboração do Caderno de Indicações Literárias

Em 2015, foi lançado um novo curso a distância no Portal TRILHAS, com foco em aprofundar a prática do professor em relação ao ensino da leitura, escrita e oralidade dos alunos em fase de alfabetização.

Também foi elaborado o Caderno de Indicações Literárias, com 60 sugestões de obras infantis que podem ser trabalhadas com o apoio dos materiais do TRILHAS.

Capa do caderno de indicações literárias.

A área Rede que Ensina é lançada para fomentar a troca de experiências com o uso de vídeos entre os professores, e um vídeo formativo discute o papel do professor em relação ao ensino de literatura e as importantes intervenções que deve fazer. Se até o ano anterior a ação de Reconhecimento Rede que Ensina era pontual, restrita a inscritos, agora passa a ser um local permanente de troca de experiências e de destaque para as práticas do TRILHAS.


2016: Ampliação do curso com mais 10h de atividades e certificação de 40 horas.

O curso a distância foi ampliado em 10 horas nos estudos para garantir a aplicação do material na prática. Kits TRILHAS impressos foram entregues aos concluintes – foram mais de 7 mil! Neste ano também foi criado um novo formato do kit TRILHAS impresso, mais fácil de transportar.
Os números do ano impressionam:

  • Cerca de 115.000 cadastrados no Portal (sendo mais de 85.000 novos apenas em 2016!)
  • Mais de 750.000 acessos no Portal no ano
  • Mais de 1.500.000 de professores visualizaram os posts do TRILHAS no Facebook, sendo que 200.000 deles assistiram aos vídeos publicados
  • 16.811 participantes do curso a distância finalizaram 15 horas de atividades
  • 3.615 vídeos foram publicados na área Rede que Ensina

Até o filósofo e educador Mario Sergio Cortella veio fazer parte dessa trilha! Veja o que ele falou sobre a importância da literatura e da formação dos educadores!


Para mais informações, acesse a página de Perguntas Frequentes ou escreva para o Fale Conosco

Sua participação é fundamental, seja bem-vindo ao Portal TRILHAS!